Categorias
Sem categoria

Pontos de Leituras são incentivados no Crato

Natália Pinheiro – Coordenadora dos Pontos de Leituras do Coletivo Camaradas.

Incentivar a leitura é uma forma de contribuir para o acesso ao conhecimento produzido pela humanidade e ampliar a capacidade de reflexão sobre a realidade. O livro continua sendo algo atual e necessário, apesar do seu   acesso continuar sendo caro e o hábito da leitura ainda é  baixo no país. O atual presidente da república, Jair Bolsonaro faz declarações de desvalorização do livro didático ao afirmar que ele é “amontoado de coisas escritas”.

No Crato, o Coletivo Camaradas, reforça a importância das leituras,  das literaturas e incentivará a criação de Pontos de Leituras de base comunitária. A intenção da organização política é incentivar a criação,  inicialmente, de 10 novos pontos na cidade, a partir de inciativas de sujeitos e associações. Cada Ponto de Leitura receberá cerca de 100 livros.

Para a coordenadora dos Pontos de Leitura do Coletivo Camaradas, Natália Pinheiro, essa ação contribui com a formação de uma cultura leitora nas comunidades. Ela destaca que a importância está em tornar mais acessível a leitura e a literatura ao povo e frisa que  esse trabalho além de  democratizar o acesso ao livro, também incentiva a organização das pessoas em torno da leitura.  

O Coletivo Camaradas recebe até fevereiro inscrições de associações e pessoas interessadas em montar pontos de leituras em suas comunidades. As inscrições são online, no seguinte endereço eletrônico: https://forms.gle/A4zLQoYPvZ8bN8cy8

Deixe uma resposta