Kennya Rafaelle* é escritora

Kannya ao lado do sua mãe Sandra, seu pai Rafael e suas irmãs Raquele, Kiara e Ravena.

Por Alexandre Lucas**

Quantas Kennyas são necessárias para demonstrar que o mundo é mais que coturnos e bolas? Os coturnos e as bolas lembram os sonhos de boa parte da nossa juventude negra e pobre, possivelmente ser policial e jogador de futebol é o único sonho que os ricos nos deixam ter, nós filhas e filhos da classe do proletariado.

A palavra nos faz sonhar. Ir além, transforma o pedaço de papel, a parede e as telas virtuais numa grande bola de possibilidades e num poderoso instrumento para combater as explorações e as opressões.

As palavras criam Kennyas, como criaram Carolina Marias de Jesus, mulher negra, catadora, semianalfabeta, mãe solteira de três filhos. Sua escrita é sem arrodeio… Sim, ela é escritora. Ela conseguiu ser mais que uma bola e um coturno, como devem ser os nossos sonhos.

“13 anos”, de Kennya Rafaelle, não é um caso ímpar, não é uma genialidade, muito menos um dom. Kennya é símbolo de resistência, persistência, busca, descoberta, insistência. Kennya não escreve do nada, mas a partir do mundo que a rodeia, dos livros, dos conflitos, dos desejos e das suas companheiras e dos companheiros que decidiram jogar palavras no mundo e chutar as injustiças para construir uma sociedade fraterna e solidária em que a palavra tenha o sabor e alimente a esperança.

Kennya Rafaelle não está sozinha. Ela escreve sua própria história, da sua comunidade e do seu país. Essa história é do tamanho do universo, porque não somos ilhas, não somos pequenos, nem deixaremos que nos façam pequenos. Kennya é uma escritora, isso mesmo escritora! Somos todas e todos Kennya! Aqui descobrimos que também podemos parir os gritos que dão vida a narradoras e a escritoras! Voa Kennya como devem voar as lutadoras e escritoras do nosso povo!

 

*Kennya Rafaelle é integrante do Coletivo Camaradas, lançou seu primeiro livreto de Poesia “13 anos”, no dia 27 de outubro. Suas irmãs Raquele e Kiara também participam do grupo de Poesia do Camaradas.

**Pedagogo, poeta e integrante do Coletivo Camaradas

Deixe uma resposta