Coletivo Camaradas apoia festival multicultural em Exu

12038241_1060805997276360_8724836580001721951_n

O Coletivo Camaradas apoia o EDACRA  – Encontro de Dança, Artes e Cultura da Região do Araripe que vem há 10 anos  se consolidando como um importante evento das danças. A cidade do  rei do baião, Luiz Gonzaga, será transformada  no período de 26 a 29 de novembro num terreiro de diversidade cultural e artística.   O evento tem como  objetivo promover, informar, valorizar, estimular e divulgar todos os segmentos artísticos usando como o instrumento de visualização a diversidade do acervo cultural artístico da região.

A programação consta de  mostra competitiva de dança, batalhas de danças urbanas, apresentações artísticas, oficinas, recital poético musical do Araripe, seminários, exposições, exibição de vídeos, show musical, intervenções artísticas, apresentação de teatro, feira de artesanato, barracas com comidas típicas, workshop. Com um formato multicultural possibilita a integração de diferentes culturas e artes de diferentes linguagens em quatro dias de evento. O Edacra é uma referência  para o  nordeste.

O  Exu- PE recebe   artistas visuais, dançarinos, artesões, músicos, poetas, pesquisadores, admiradores, brincantes e amantes da cultura nordestina além de escolas, academias, companhias e grupos amadores/profissionais de dança de todo Brasil. O intuito ainda é reunir diversos estilos de artes para um intercâmbio cultural entre dando visibilidade a cadeia produtiva de  cultura no sertão do Araripe , estado de Pernambuco.

O encontro é idealizado pelo dançarino, produtor cultural,  B. boy, arte/educador, diretor e coreografo da Companhia de Espetáculo Luiz Gonzaga, Wiharley Januario  (Lalá Dance) com a coordenação da Companhia de Espetáculo Luiz Gonzaga (CELG), o evento contato com a parceria de  Secretaria Municipal de Cultura de Exú e de um coletivo formados por mais de 50 artistas de Exu e região. Para  Wiharley Januario , o evento cresce a cada ano e continua mostrando ser um evento com formato multicultural. Ele destaca que  essa proposta de trabalho possibilita a integração de diferentes culturas e artes, num só momento em um só objetivo, a luta pela valorização profissional artística, humana e social, com a perspectiva de elaborar uma analise de monitoramento de como anda à produção artística na região e enfatiza ainda que o evento concentra de forma participativa um grande número de artistas  do sertão do Araripe e de outros estados do nordeste.

O Edacra também aglutina vários grupos da região do cearense.

Serviço:

Inscrições no site do evento  – www.edacra.com.br

Deixe uma resposta