Teatro Maria Fumaça

O LUGAR E SUA MISSÃO

O complexo da antiga RFFSA (Estação de trem do Crato), inaugurado em 1926, hoje denominado Centro Cultural do Araripe é um patrimônio histórico e arquitetônico que precisa cumprir sua missão de servir ao desenvolvimento sociocultural e turístico de nossa cidade, proporcionando entretenimento, lazer, arte e cultura.
Três prédios antigos lá existem. Um, a Casa do Agente, sedia a Secretaria de Cultura; o principal, onde havia embarque e desembarque de passageiros, está, segundo me consta, destinado acertadamente a ser um espaço cultural multifuncional (para exposições, cursos, oficinas, intervenções artísticas diversas etc.), mas também poderia ser o Museu de Arte Vicente Leite; e o terceiro, aquele que era o depósito de material trazido e levado pelo trem cargueiro, possui um auditório/teatrinho bem simpático e, em parte de suas dependências, funciona um bar/restaurante sem ênfase cultural.
O TEATRO MARIA FUMAÇA
Penso que o restaurante deva funcionar naquela parte alta na qual existe uma pracinha, onde muitos jovens se reúnem pra fumar maconha, crack e outros delitos, espalhando-se livremente pelo gramado. Esse equipamento seria entregue à iniciativa privada mediante licitação e regras claras de funcionamento e segurança, coibindo a prática de ilícitos. .
Já o prédio do auditório/teatrinho passaria a ser chamado TEATRO MARIA FUMAÇA, em referência à sua história, todo ele explorado com fins culturais por ONG local escolhida igualmente via ato licitatório. 
O novo teatro, com cerca de 90 ou 100 lugares, espaço para cursos e oficinas, além de área reservada estudo das artes circenses e folguedos (a que fica atrás do prédio).
O Ponto de Cultura Sociedade Cariri das Artes, a Cia. Brasileira de Teatro Brincante e o Circo-Escola Alegria se interessam pelo espaço, garantindo funcionamento permanente de atividades de teatro, dança, circo, cinema, música e folclore, além de ações de formação e intercâmbio. 
Gostaríamos, portanto, de conversar com a secretária Dane de Jade e o prefeito Ronaldo Mattos a respeito dessa ideia. 
Crato-CE, 9 de junho de 2013.
Cacá Araújo
Diretor da Cia. Brasileira de Teatro Brincante
Josernany Oliveira
Diretor do Circo-Escola Alegria
Joseany Oliveira
Presidente da Sociedade Cariri das Artes

Deixe uma resposta