Arquivos da categoria: Dia da mulher – poema – Aurora – José Cícero

Poema ao Dia da Mulher*

MULHER…
Por José Cícero

Apogeu do ato criador de Deus.

Figura exultante,
Fonte exuberante
Do amor maior
que existe no mundo: Mulher!
Semente dos céus
que o altíssimo
num dia de graças
Um tanto inspirado
semeou por entre os seus: Mulher!

Oração cotidiana
Levita-obreira
Infinita bondade
tão sem nome.
Joana, Maria, Zefa, Ana: Mulher!
Milagre a se renovar por entre os homens
para o todo e sempre.
Carinho e paz
Que nos redime;
Angelicalmente: Mulher!
Luz que ilumina a vida.
Na mais pura retidão que existe.
Mãe da humanidade.
Palavra eternizada
Por entre a gente
Mágica oblação de santa: mulher!
Sensibilidade edificada.
Justiça a que todos enxerga
Puro sentimento…
Na mais pura perfeição
Do que é certo
Oferta compartilhada: Mulher!
Humana criatura.
Beleza rara de toda criação.
Sinônimo de todo amor que existe.
Anjo da plenitude;
Plena louvação dos deuses: Mulher!
Tolerância que pacifica o mundo
Símbolo de luz.
Puro sentimento
de mancietude…
Farol que a todo guia
Angelical figura: Mulher!
Força que nos conduz
E nos impõe
a grandeza da aceitação
do amor como partilha.
Dádiva divina,
refrigério dos que sofrem.
mãe eternamente: Mulher!
_____
José Cícero
In Minhas Metáforas Codianas
Inédito – 2010
Fotos ilustrativas:(da Internet).
______
LEIA MAIS EM: