Arquivos mensais: novembro 2018

500 flores serão distribuídas no Gesso

Nesta quarta-feira, 28, a partir das 16h, no Terreiro do Coletivo Camaradas, terá início o Cortejo das Flores. Serão distribuídas cerca de 500 flores de papel produzidas por estudantes da Universidade Regional do Cariri -URCA, artistas e moradores da Comunidade do Gesso.

O cortejo contará com a participação do Zabumbar, Maracatu Iunu Erê, Contadores , brincantes, mulheres do coco da SCAN e Grupo de Dança Nova Vida. A ideia é que cada participante possa ir fantasiado.

O Cortejo das Flores abre a III MOSTRA NACIONAL DE CONTADORES DE HISTÓRIAS, que acontecerá no período de 28 de novembro à 01 de dezembro, nas cidades de Crato, Caririaçu, Barbalha e Juazeiro do Norte.

A maior parte das ações acontecerão na Comunidade do Gesso, onde terão atividades no Projeto Nova Vida, Escola Profissionalizante Violeta Arraes, Colégio Municipal Pedro Felício, Escola Dom Quintino, Escola 18 de Maio e no Terreiro do Coletivo Camaradas, onde acontecerá a programação da noite com contação de histórias, feira de artesanato, livros , comidas, brechós e serviços.

Flores são produzidas para cortejo no Gesso

Estão sendo realizadas oficinas de flores de papel, na sede do Coletivo Camaradas, envolvendo a comunidade do Gesso e estudantes da URCA. As flores produzidas serão usadas no “cortejo das flores” que acontecerá no final da tarde do dia 28 de novembro, na comunidade. O cortejo será a abertura oficial da III MOSTRA NACIONAL DE CONTADORES DE HISTÓRIAS que terá continuidade até o dia 01 de dezembro.

A intenção é produzir cerca de 500 flores, o cortejo contará ainda com a participação do Zabumbar, Maracatu Uinu Erê, Mulheres do Coco da SCAN e Projeto Nova Vida, contadores, brincantes e populares.

A Mostra contará com ações no Juazeiro, Barbalha e no Crato as ações serão concentradas na Comunidade do Gesso.

Comunidade do Gesso receberá poeta que vendeu mais 7 mil livros circulando pelo Brasil

O poeta Pedro Tostes está em uma turnê de divulgação de seu quarto livro, “Na Casamata de Si” (Patuá, 2018). Saindo de São Paulo, o poeta tem vindo, viajando de ônibus, e passará por 13 cidades, incluindo todas as capitais nordestinas, além de Vitória, no Espírito Santo. Serão 5 mil quilômetros rodados pelo autor, que comemora 15 anos de literatura com mais de 7 mil livros vendidos de mão em mão.

No Crato, ela fará o lançamento do seu livro, no dia 25 de novembro, a partir das 17h, no Terreiro do Coletivo Camaradas, na Comunidade do Gesso. A localidade é um ponto de referência da poesia na cidade, por desenvolver diversas ações envolvendo a literatura, como: rodas de poesia, intervenção “Poste Poesia”, pontos de leituras em bodegas, lançamentos de livros, mostras e batalhas de rimas.

Pedro Tostes vem circulando pelo Brasil, não só vendendo os seus livros, mas participando de debates, saraus e conhecendo a diversidade e pluralidade da literatura brasileira. Ele é um desses poetas que acredita que a poesia pode ocupar os mais diversos espaços, lugares e atingir as pessoas que não têm o hábito e o acesso à literatura. Tostes diz que “Os poetas nunca tiveram destaque nesse grande mercado, então me criei acreditando que literatura é um espaço de guerrilha, onde devemos pensar de forma a ocupar espaços e conquistar leitores” e enfatiza “Seja escrevendo livros, promovendo debates e saraus, colando lambes nas paredes das cidades, fazendo camisetas, bolsas, zines, revistas. O que for possível de ser feito pra abrir espaço”.

Lançamento do Livro “Na Casamata de Si” de Pedro Tostes
Dia: 25 de novembro de 2018
Horário: 17h00
Local: Terreiro do Coletivo Camaradas – Comunidade do Gesso – Crato/CE.

Mostra Nacional de Contadores é realizada sem recursos

A terceira edição da Mostra Nacional de Contadores de Histórias será realizada nas cidades de Crato, Barbalha e Juazeiro do Norte, no período de 28 de novembro a 01 de dezembro, está sem recursos para a sua realização e os organizadores estão fazendo uma campanha de arrecadação de dinheiro para custear as despesas do evento.

A Mostra conta com alguns apoios institucionais que garantem parte da logística do evento. A organização do evento alerta que existem despesas como pagamento de técnico de som, materiais para oficinas, divulgação, ajuda de custo para transporte e passagens que dependem de dinheiro.

A maior parte das ações acontecerão na Comunidade do Gesso, no Crato.

Os interessados em contribuir financeiramente com qualquer valor podem fazer depósito: Ag: 0032 Op: 013 Conta Poupança: 0031879598 ou entrar em contato pelo WhatsApp (88) 9 99989927.