Arquivos mensais: julho 2018

Coletivo Camaradas abre inscrições para grupo de poesia na Comunidade do Gesso

 

Incentivar à leitura, o protagonismo infantil e o envolvimento através da poesia são questões que vêm sendo trabalhadas no Gesso, a partir do Programa Território da Palavra, que visa contribuir para que a localidade seja uma comunidade leitora.

O Coletivo Camaradas está com inscrições abertas para o grupo de poesia que será criada com crianças da Comunidade. Ele se reunirá semanalmente para conhecer escritoras e escritores, ver vídeos, fazer leituras, participar de eventos literários e de artes, escrever poemas e realizar intervenções artísticas.

Crianças a partir de 9 anos poderão participar do grupo. As inscrições são realizadas na sede do Coletivo Camaradas e as vagas são limitadas.

Luciana Bessa

Para a coordenadora da Roda de Poesia do Coletivo Camaradas, a doutoranda em Letras pela Universidade Federal do Ceará, Luciana Bessa, o grupo é um instrumento potente para democratizar o acesso à literatura e de permitir a socialização das crianças. Ela destaca também a importância para o desenvolvimento da escrita, leitura e a criatividade. “Essa é uma estratégia para ampliar a visão de  mundo e empoderamento social” frisa a doutoranda.

 

Marta Regina

A coordenadora do Poste Poesia, a mestre em História, Marta Regina defende que a arte deve fazer parte da vida das pessoas e destaca que é  fundamental pensar um fazer artístico e literário neste sentido. O Poste Poesia, que é desenvolvido na Comunidade do Gesso, é umas das ações que fazem parte  do Programa Território da Palavra e  já é replicado em diversos estados brasileiros através de uma articulação do Coletivo Camaradas.

Coletivo Camaradas divulga listagem de vídeos selecionados para Mostra IP  2018

Vídeos de 18 estados brasileiros foram selecionados para  Mostra Nacional de Vídeos sobre Performances e Intervenções – Mostra IP 2018.

A Mostra idealizada pelo Coletivo Camaradas  (CE) esse ano conta com a realização conjunta dos seguintes coletivos: LEVE Arte Contemporânea (CE), Coletivo Tensoativo  (AP), Coletivo Intrânsito (SP), Plataforma La Plataformance (SP), Coletivo Casa Núcleo (PB), Coletivo Nos (BA), Coletivo Dodecafônico  (SP), Coletivo, Cartográfico  (SP), Coletivo Psicodélico ( AP ), Coletivo Dama Vermelha (CE), Companhia Brasileira de Teatro Brincante  (CE) e Coletivo  Cerebral  (CE).

 

Os vídeos selecionados poderão ser exibidos em cerca de 10 estados do país inscritos para sediar a Mostra IP esse ano.

 

Segue a lista dos vídeos selecionados pela seguinte ordem: nome do vídeo, nome do artista/coletivo, cidade e estado

Requiem 1:55

Mariana Rocha

Belo Horizonte – MG

 

4’33

Ericsson Castro

São Paulo -SP

 

Meu Cu é Uma Festa

Élle de Bernardini

Santa Maria-  RS

 

D de Desejo

Wellington Costa

Matriz de Camaragibe- AL

 

ONZE   WE

Danças Urbanas

Ipatinga – MG

 

Além de Nós

Lui Mendes e grupo “Volver”

Florianópolis-SC

 

Semen-te

  1. Angel

Osasco-           SP

 

Balança

Ariane Ventos

Jaguariúna – SP

 

Meu corpo resiliente

Pedro Caetano

Niterói-RJ

 

Sagração

Olga Lamas

Salvador- BA

 

Sirva-se

Olga Lamas

Salvador- BA

 

Lavagem

Gameleira Artes Integradas

Salvador-BA

 

Cidade Afogada

Raiça Bomfim

Salvador-BA

 

Até ver

Ariane Ventos

Jaguariúna- SP

 

Happiness

Cristos

Goiânia-GO

 

The Theather Dance

Cristos

Goiania-GO

 

dobrar vento e papel n°1

Daniel Santiso e Max William Morais

Rio de Janeiro-RJ

 

dobrar vento e papel n° 3

Daniel Santiso e Max William Morais

Rio de Janeiro-RJ

 

Todo preto sabe sambar

Jorge Kildery Jeffe Grochovs

Curitiba-PR

 

Cama, mesa e banho

Nanda Boaventura Jeffe Grochovs

São Paulo-SP

 

Keila Serruya

Picolé da Massa

Manaus-AM

 

AQUI

Picolé da Massa

Manaus -AM

 

Performance “Serviçal”

Jefferson Skorupski

Madalena-CE

 

RESERVADO

FELIPE BITTENCOURT

SÃO PAULO- SP

 

PORTAL

FELIPE BITTENCOURT

São Paulo-SP

 

Dodoiévisck

Dodoiévisck

São Pulo-SP

 

Helga Wozel

ExCompanhia de Teatro

São Paulo-SP

Balões na Neve

ExCompanhia de Teatro

São Paulo-SP

 

EL CAPITAL HA DEVALUADO NUESTRA MANERA DE AMAR

Nora Chernajovsky

BUENOS AIRES           ARGENTINA

 

Desnudamentos Políticos VOTE NU

Natasha de Albuquerque

Brasília           Distrito Federal

 

Dança das cadeiras

Corpos Informáticos

Lago Oeste-DF

 

Bicycle Wheel Tattoo ou V. no Cubo Branco

Verônica Vaz

Porto Alegre-RS

 

Cerco

Jordi Tasso

Porto Alegre- RS

 

VISOES

GYZA

SAO PAULO- SP

deSgustação

Leonardo Fabiano

Maringá-PR

 

Pára-Nóia Cotidiana

Fransuel Becker

Goiânia-GO

 

Pau de Arara (Maldição 263)

Fransuel Becker

Goiânia-GO

 

Estudo para abrir caminhos, 2018.

Rastros de Diógenes

Rio de Janeiro-RJ

 

Projeto Invasões #01  b1b2

Salvador- BA

 

Livre Iniciativa

Emerson Kennedy

Matriz de Camaragibe-         AL

 

Mata Redonda

Eri Lee

Matriz de Camaragibe-         AL

 

Performance Corpo Terra

Flaviane Damasceno

São João de Meriti- RJ

 

Amor

Júlia Profeta

São Paulo-SP

 

De quando se preenche um Estado vazio

Marcela Antunes

Rio de Janeiro- R J

 

HOMEM NU & INVISÍVEL

MASSAPE

Campina Grande-PB

 

Identidade

Natã Ferreira

Natal-RN

 

Beta vulgaris

Julie Dias

São Paulo-SP

 

Exercício da ânsia

Julie Dias

São Paulo-SP

 

Passa 1

Camila Lacerda

Belo Horizonte- MG

 

O que se dissolve em veiculo liquido

Sue Nhamandu

São Paulo-SP

 

Balanço

Rodrigo Melo

Curitiba- PR

 

humanX

Manifesto Errante

Coletivo ASCO

Fortaleza / Russas- CE

 

Aurora (ou Pra onde vamos agora?)

Débora Oliveira

São Paulo-SP

 

Mulher Bomba Passeia

Luciana Ramin e Nina Caetano

São Paulo-SP

 

Larápios

Zarabatana LAB         Rio

de Janeiro-RJ

 

Desviados

Transeuntes

São Paulo-SP

 

Vida Vai – e – Vem ou Vida Leva – e – Traz

Claudia Piassi e Edu Guimarães

São Paulo-SP

 

16

Fernando Hermógenes

São Joaquim de Bicas – MG

 

Líquido Zero

Julie Dias

São Paulo-SP

 

Atravessamento

Kelly Saura

Rio de Janeiro-RJ

 

Casulo

Kelly Saura

Rio de Janeiro-RJ

 

Cartas

Kelly Saura

Olinda-PE

 

Revelação 8:7-13; 9; 10

Ique in Vogue

São Paulo-SP

 

Form to form

Noara Quintana

Florianópolis-SC

 

Passagem

Naldo Martins

Macapá- AP

 

Respiro

Naldo Martins

Macapá-AP

 

Dói

Angélica R. Kauffmann

Curitiba           – PA

 

eterno retorno | autoconstrução

cristiana nogueira

macapá           – AP

 

Andre Luiz

André Rodrigues

Rio de Janeiro-RJ

 

Já temos assento

Mariana Maia

Rio de Janeiro-RJ

 

“PÓS GURU”

Candé Costa

Rio de Janeiro-RJ

 

Basta de violência

Coletivo Marias

Crato-CE

 

P.U.T.A.S

Coletivo Marias

Crato- CE

 

Abertas inscrições para expositores na Mostra do Brincar no Crato

CHAMADA PÚBLICA 01/2018

Chamada Pública Simplificada
para Expositores brinquedistas e ou Luthiers na I Mostra do Brincar.

I – A MOSTRA DO BRINCAR

1.1. A Mostra do Brincar é uma iniciativa do Coletivo Camaradas que visa construir com diversas instituições momentos de reflexão e de imersão lúdica, no período de 22 a 26 de agosto de 2018, no Território Criativo do Gesso, na cidade do Crato-CE;

1.2. A Mostra será constituída de vivências com grupos da tradição popular, oficinas de construção de brinquedos, jogos, passeio ciclístico, brincadeiras, intervenções urbanas, feira de sustentabilidade e rodas de conversa, numa combinação de trocas de saberes populares e científicos;

1.3. A Mostra é parte integrante das proposições do Prêmio Culturas Populares – edição 2017, do Ministério da Cultura.


II – DA CHAMADA PARA EXPOSITORES BRINQUEDISTAS E OU LUTHIERS

2.1. Por esta Chamada Pública Simplificada, o Coletivo Camaradas criará
um BANCO DE CADASTRO de expositores para compor a Mostra – edição 2018 dentro da Feira de Sustentabilidade -Trocaria no Gesso, que compõe a programação do evento;

2.2. O Banco de Cadastro é um instrumento que servirá para articular a participação de
expositores e compor a programação da Feira de forma colaborativa e voluntária;

2.3. Poderão participar da Mostra do Brincar expositores e apresentações convidadas
que não estejam inscritas no banco de cadastro.


III – DAS INSCRIÇÕES

 

3.1. As inscrições acontecerão no período de 02 junho a 15 de agosto de 2018, de forma gratuita e online pelo endereço eletrônico: https://goo.gl/forms/o17szkEfR63B1m4h2

3.2. Poderão se inscrever: coletivos de brinquedistas, Luthiers, grupos literários, artistas, artesões, escritores, designers;

3.3. Os expositores serão selecionados pela comissão organizadora da Mostra do Brincar constituída pelo Coletivo Camaradas e organizações parceiras que levarão em consideração, prioritariamente, os seguintes critérios:

a) Garanta da presença, na Feira, de uma maior diversidade possível de produções;

b) Priorização do trabalho coletivo autogestionário, fundado em valores como solidariedade, autogestão, cooperação, autonomia, democracia, direitos humanos, respeito ao meio ambiente e consumo consciente.


IV – DA CONTRAPARTIDA DO 
COLETIVO CAMARADAS E RESPONSABILIDADES DO EXPOSITOR

 

4.1. O Coletivo Camaradas disponibilizará barracas e cavaletes para exposição dos materiais;

4.2. A comissão organizadora poderá reunir mais de um grupo/expositor em cada barraca, a depender de questões logísticas, de afinidade de produtos;

4.3. O próprio expositor ficará responsável pela organização e ornamentação do espaço
(barraca);

4.5. Cada expositor deverá ficar responsável pela limpeza do seu espaço e o cuidado com o material emprestado.


V DO RESULTADO

 

5.1. O resultado será divulgado no dia 16 de agosto no site do Coletivo Camaradas,www.camaradas.org

5.2. No dia 18 de agosto às 10h, na sede do Coletivo Camaradas será realizada reunião com os expositores selecionados para esclarecimentos sobre a Feira e a Mostra do Brincar.

Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora da Mostra do Brincar.

Crato, CE, 02 de julho de 2018.
Comissão Organizadora da Mostra do Brincar.

Coletivo Camaradas

Ricardo Alves

Coordenador da Feira de Sustentabilidade – Trocaria