Prefeito do Crato é convidado pelo Coletivo Camaradas para discutir políticas públicas

ze ailton
O Coletivo Camaradas encaminhou documento ao prefeito municipal do Crato, Zé Ailton Brasil  solicitando audiência para discutir políticas públicas para a cidade do Crato, após cinco meses de gestão. O documento deixa clara a posição dos Camaradas, no sentido de manter dialogo autônomo e propositivo, bem como aponta alguns caminhos para serem discutidos como é o caso dos seguintes documentos: Planos Municipais de Cultura e Educação, Fóruns de Linguagens da SECULT, a “Carta compromisso com a cultura”, “Carta aberta do Coletivo Camaradas ao Prefeito do Crato”.
O documento chama a atenção da gestão municipal “de que políticas públicas e parcerias não se fazem a partir de atos espontâneos e nem de boas intenções, mas de diálogos, embates e ações concretas que dizem respeito a agilidade política e jurídica, disponibilidade de pessoal e de recursos materiais, financeiros e logísticos, bem como a disponibilização de serviços e equipamentos públicos a disposição da população de forma gratuita e com a garantia de efetivação de direitos como prevê a constitucionalidade.
O Coletivo Camaradas propõe que a audiência com o prefeito ocorra na Comunidade do Gesso, local de ações do coletivo, que tem atuação nacional. Os camaradas afirmam que é importante que seja no Gesso para que o gestor municipal “tenha dimensão do trabalho que vem sendo efetivado e se conheça in locus a realidade e as demandas imediatas da população”.
O documento finaliza reafirmando a posição do Coletivo Camaradas “Em tempos de golpe de toda ordem, a nossa resolução é lutar e construir alternativas de base comunitária de caráter protagonista e com autonomia. É neste sentido, que provocamos o debate com a gestão municipal”. O documento foi protocolado na Prefeitura Municipal do Crato.

Deixe uma resposta