Oficina de Boneca Abayomi será realizada na Comunidade do Gesso

14915590_1224068704315879_699025890786198725_n

Quando os negros vieram da África para o Brasil como escravos, atravessaram o Oceano Atlântico numa viagem muito difícil. As crianças choravam assustadas, porque viam a dor e o desespero dos adultos. As mães negras, então, para acalentar suas crianças, rasgavam tiras de pano de suas saias e faziam bonecas com elas para as crianças brincarem. Essas bonecas são chamadas de Abayomi.  sem costura alguma (apenas nós ou tranças), as bonecas não possuem demarcação de olho, nariz nem boca, isso para favorecer o reconhecimento das múltiplas etnias africanas.

Neste Sábado,18, às 9h00, terá  oficina de Boneca Abayomi no Laboratório Criatividade do Coletivo Camaradas,   na Comunidade do Gesso. A oficina será mediada pela ativista feminista e historiadora Ânella  Fyama. A oficina é aberta para a comunidade e a intenção é possibilitar que as crianças se apropriem desses saberes e fazeres.

Deixe uma resposta