Arquivos mensais: setembro 2015

Poetas se reunirão na Comunidade do Gesso

12003294_1648715888712855_8067268170648641061_n

Como já é de costume todo o último o domingo do mês acontece na Comunidade do Gesso no Crato, a Roda de Poesia no Bar do Pantuca, sempre a partir das 17h. Esse domingo, dia 27, poetas, comunidade e crianças irão protagonizar mais um momento poético


Poetas tem marcando presença no encontro como é o caso de Josenir Lacerda, Paulo Soares, Claudia Rejane, Fabiano Brito, Paulo Ernesto, Eveline Limaverde, Auricelia Barbosa, Anilda Figueiredo, Nezite Alencar, Renan Freire, Francinaldo Diás, Marcia Passos, Poliana Leandro, Tranquilino Ripuxado, Edson Xavier e o artivista cultural Seu Higino.


A roda conta com a participação das crianças que se revezam lendo poemas. Para a professora Dra. Fernanda Maria Macahiba Massagardi as crianças vão lembrar desta experiência por toda a vida. Ela destaca que elas incorporam o saber de uma forma cidadã, lúdica e valorosa. A professora Fernanda enfatiza que uma das coisas que chamou a sua atenção foi a oportunidade que as crianças tem de ter voz e exercer autonomia, além de serem respeitadas naquilo que falam por adultos.


A Roda de Poesia começa a partir das 17h, no Bar do Pantuca, na Comunidade do Gesso. A iniciativa é do Coletivo Camaradas e conta com a parceria do Projeto Nova Vida e da Academia dos Cordelistas do Crato.

Território do Brincar será exibido na Comunidade do Gesso

11863369_1648720618712382_6358426364040050059_n

O filme Território do Brincar  de Renata Meirelles e David Reeks  afirma que criança ainda brinca, sim. O documentário “Território do Brincar” faz um retrato humano por meio das brincadeiras da infância. Percorrer o Brasil de Norte a Sul com a ideia de revelar os seres humanos por meio dos gestos das crianças foi  o  objetivo que o casal Renata Meirelles e David Reeks – ela pedagoga e ele documentarista – partiu, em 2012, para uma jornada que durou dois anos.

O filme será exibido neste sábado, dia 26, às 18h,  no Crato, na ação desenvolvido pelo Coletivo Camaradas na Comunidade do Gesso que visa a exibição pública de filmes voltados para o público infantil. O Cine-Gesso acontece uma vez por mês.

 

Filme: Território do Brincar

Sábado – dia 26, às 18h

Campinho do Gesso

Crato – CE

Crato participa de “Um poema em cada árvore”

IMG_2443Nesta segunda-feira,  dia 21, a cidade do Crato participou ação nacional  Um poema em cada árvore que aconteceu em  em 57 cidades brasileiras.  Um poema em cada árvore é uma  iniciativa de incentivo à leitura que utiliza as árvores como forma de convidar as pessoas ao mundo da leitura..

No dia em que se comemora o Dia da árvore, uma rede poetas, educadores, agentes culturais e sociais estiveram mobilizados em levar a poesia aonde o povo está em todo o país. No Crato a ação foi desenvolvida pelo Coletivo Camaradas e a Pró-reitoria de Extensão da Universidade Regional do Cariri – URCA.

O Um poema em cada árvore foi uma das iniciativas finalistas do Prêmio Vivaleitura 2011 e 2014 premiação executada pela OEI – Organização dos Estados Ibero-Americanos, Ministério da Educação e Ministério da Cultura.

Desde sua criação o Um poema em cada árvore já foi realizado em mais de 100 cidades brasileiras de todas as regiões do Brasil.

O Um poema em cada árvore é uma iniciativa de incentivo à leitura realizada mensalmente desde agosto de 2010 na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais. Idealizada pelo poeta Marcelo Rocha e realizada pelo Instituto Psia, a iniciativa caracteriza-se por utilizar as árvores como suporte para a leitura, pendurando mensalmente poemas de poetas desconhecidos do grande público nos oitis valadarenses.

Esta foi uma forma encontrada para construir novos espaços de fruição poética, ampliar o acesso da população à poesia e colocar o trabalho de poetas contemporâneos em contato com novos públicos. O Coletivo Camaradas já desenvolve outras ações envolvendo a poesia como é o caso do “Poste Poesia” e a Roda de Poesia na Comunidade do Gesso.

Colégio Municipal realizará “Poste Poesia” com o Coletivo Camaradas este mês

1385930_269012849914572_2045792889_n

Alunos do Colégio Municipal Pedro Felício Cavalcanti no Crato estarão tendo uma aula diferente neste sábado, dia 19. Eles participarão da intervenção urbana “Poste Poesia” realizada pelo Coletivo Camaradas. A intervenção consiste em espalhar poesias de poetas da região do Cariri em postes.

A vivência contará com roda de conversa sobre arte urbana, o trabalho dos Camaradas na Comunidade do Gesso e de ação prática.

Para a diretora do Colégio Municipal, Cícera Regilania dos Santos Morais,  a parceria com o Coletivo Camaradas possibilita  conhecer e valorizar a cultura e as relações sociais da comunidade. Ela destaca que a poesia é capaz de despertar no jovem a capacidade de perceber a beleza das palavras e descobrir o poder que elas têm ao nos emocionar, fazer sonhar e deixar fluir sensações.

A ação contará com uma equipe de alunas do curso de Serviço Social da Faculdade Leão Sampaio   que estará colhendo informações sobre as práticas do Coletivo Camaradas para produção de artigo científico.

Galeria de arte será montada na periferia do Crato

coletivo camaradas

A Comunidade do Gesso na cidade do Crato terá um espaço para exposição de artes visuais.  A intenção é fazer com que a produção dos artistas chegue aos que não tem acesso a arte.  A iniciativa é do Coletivo Camaradas e funcionará num espaço improvisado na sede da organização aonde funciona uma brinquedoteca. O espaço de exposição será adaptado para o público infantil.

O artivista e geografo Ricardo Alves, integrante do Coletivo Camaradas destaca que essa é uma forma de potencializar a circulação dos trabalhos artísticos e ao mesmo tempo contribuir para democratização da arte. Ele enfatiza que os Camaradas defendem uma arte que possa ser partilhada com as camadas populares.

O espaço será inaugurado com a exposição do fotografo Cristovão Teixeira que apresenta uma série de fotos que retratam o cotidiano da Comunidade do Gesso. A exposição será aberta no início de outubro.

Estão previstas ainda exposições dos artistas Cristiano Ramos, Thiago Gabriel, Ricardo Alves, Alexandre Lucas, Carlos Henrique, Diego Moreira e Aldênio Fernandes.

URCA celebra parceria com Coletivo Camaradas

10590649_617916494988749_6202739449465116110_nA Universidade Regional do Cariri – URCA, através da Pró-Reitoria de Extensão e o Geopark Araripe irão desenvolver atividades em parceria com o Coletivo Camaradas na  comunidade do Gesso, no Crato.  A intenção da parceria é fortalecer as ações que já vem sendo desenvolvidas na comunidade e iniciar um processo educativo no campo da educação ambiental.

De acordo com a pró-reitora de Extensão, professora Dra. Arlene Pessoa, a intenção é desenvolver um conjunto de ações e  projetos na Comunidade, a partir do que já vem sendo desenvolvido pela URCA no campo da extensão.  Ela destaca que além da educação ambiental poderão ser desenvolvidas ações no campo do direito,  educação,  saúde e da educação física.

A URCA também será parceira no projeto “Um poema em cada árvore” que já vem sendo desenvolvido em mais de 100 cidades brasileiras pelo Instituto Psia. Projeto idealizado pelo poeta Marcelo Rocha que já foi premiado pelo Prêmio VivaLeitura.

No dia 14, a partir das 15h00, na sede do Coletivo Camaradas, o Núcleo de Educação do Geopark Araripe dará início aos seus trabalhos na comunidade do Gesso com  oficina de réplicas de fósseis.

Postes do Crato recebem poesias

11755741_1445234832470039_6181090986283570520_n
Marta Regina – coordenadora do Poste Poesia

Uma iniciativa simples está transformando a comunidade do Gesso em um território da poesia. Desde maio deste ano, o Coletivo Camaradas vem realizando uma intervenção urbana nos postes da Comunidade que consiste em colar poesias de cerca de 50 poetas do Cariri. A ação acontece normalmente no último Domingo de cada mês, mas os Camaradas realizam também a ação em parceria com escolas, a última escola a participar de uma vivência com os camaradas foi a Escola Teodorico Teles de Quental, aonde cerca de 30 alunos participaram da ação.

Além dos postes, a poesia ganha o mundo virtual, as poesias são fotografadas e postadas na página no Facebook “Poste Poesia”. A iniciativa visa ser replicada por outros grupos como já aconteceu no bairro Gisélia Pinheiro (Comunidade da Batateira), em que o Coletivo Ensaio Aberto organizou a intervenção. Em Iguatu, a Cia Ortaet já se organiza neste sentido.

O Coletivo Camaradas para fazer a ação criou um banco de dados de poetas, em que consta contatos e poesias. Os Camaradas disponibilizam o banco para outros coletivos, escolas, instituições culturais e pesquisadores.

Os Camaradas realizam uma vez por mês, uma roda de poesia no bar do Seu Pantuca na Comunidade do Gesso que reuni poetas, professores, integrantes da Academia dos Cordelistas do Crato, integrantes de coletivos e a comunidade. Um dos destaques da roda é a participação das crianças, que também colaboram com o “Poste Poesia”.

De acordo com a coordenadora do “Poste Poesia”, a historiadora Marta Regina, a ação visa contribuir para uma cultura leitora na Comunidade. Ela destaca também que é uma forma de aproximar a poesia e os poetas para junto do povo.