Coletivos definem a realização do II Estopim no Crato

???????????????????????????????
Durante o III Encontro de Coletivos do Cariri, realizado na ultima sexta-feira, dia 12, no auditório do Geopark Araripe que reunir representante de 21 grupos foi definido a realização da segunda edição do Estopim – Mostra das Artes da rede ColetivoS. A ação acontecerá no período de 25 a 30 de agosto deste ano e consistirá de oficinas, rodas de conversa, vivências, intervenções urbanas, performances, apresentações de teatro, dança, musica e sarau.

O Estopim é uma ação que acontece de forma colaborativa entre os coletivos e visa potencializar atividades formativas, criar espaços de dialogo e fruição artística e defender políticas públicas no campo da cultura.

O encontro definiu várias comissões de organização do evento composta por diversos grupos que terão o desafio de garantir as condições necessárias de infraestrutura para a realização do evento durante cinco dias na cidade do Crato

Outros coletivos estarão sendo incluídos no processo de organização do II Estopim.

Encontro de Coletivos reúne 21 grupos do Cariri

É crescente a atuação em rede dos coletivos da região do Cariri, o que tem incentivado ações em diversas linguagens artísticas e impulsionado a luta dos movimentos sociais. O encontro da rede Coletivos é uma demonstração deste trabalho.

Para o artista Lucas Lopes do Coletivo Cohe o encontro representou a união das forças coletivas. Ele destaca que quando os grupos se reúnem para tratar de uma questão tão seria com é a cultura é porque existe uma disposição para fazer as coisas acontecerem.
Já o músico e compositor da Banda Liberdade e Raiz André Ferreira o encontro possibilitou um momento de conscientização e difusão da arte através das ações que vem sendo desenvolvidas pela juventude em coletivos. Ele destaca que a rede ColetivoS “ é um encontro que dialoga com as artes e um movimento que impulsar a arte local”.

Elissandra Carvalho do Coletivo Mudem – Movimento Universitário em Defesa da Mulher diz que foi um momento importante para conhecer as diversas experiências realizadas na região do Cariri pelos Coletivos. Ela diz que para grupo que desenvolverá o projeto “Palco Mudem” vinculado a Pró-Reitoria de Cultura da Universidade Federal do Cariri – UFCA, o encontrou serviu para iniciar um processo de parcerias sobre a arte feminina do cariri.

Para Junnior Pessoa do Coletivo Crato Tem Dança o encontro propiciou o protagonismo de cada coletivo. Ele diz que isso faz com que cada grupo vai entendendo o processo de e o objetivo de cada Coletivo.

Grupos presentes no III Encontro de Coletivos do Cariri

  • Coletivo MIA
  • Irmandade Rap
  • Coletivo Kaverada
  • Coletivo Camaradas
  • Leve Arte Contemporânea
  • Grupo Muzenza
  • Grupo CBC
  • Coletivo Mudem
  • Coletivo Queerdel
  • COHE
  • Coletivo Foto Crato
  • Conexãp Bang Loko
  • Realidade do Gueto – RDG
  • Cúmplices
  • Banda Liberdade e Raiz
  • Ensaio Aberto
  • Foobá
  • Coletivo o Crato Tem Dança
  • Mundanças
  • Banda Importunos
  • Banda Úlcera

Mapeamento dos Coletivos do Cariri

A rede ColetivoS está realizando um mapeamento dos grupos do Cariri. A intenção é criar um banco de dados com as informações de cada organização e disponibilizar os dados gerados pra grupos, pesquisadores e produtores
Mapeie seu grupo: http://goo.gl/forms/3RWL5GmXmk

Página: https://www.facebook.com/redecoletivos

Deixe uma resposta