Há luta na saúde

Dia 1º de Dezembro os profissinais de saúde do Cariri, enfermeiros, Acadêmicos,tecnicos de enfermagem, ACS,s, ACE,s saírão numa grande manifestação pelas ruas de juazeiro do norte, reivindicando badeiras históricas dessas categorias de saúde, o evento é promovido pelas seguintes entidades, SIND SAÚDE,SEACONCE,C.A DE ENFERMAGEM URCA, CTB E PARTIDOS POLITICOS. A concentração da II PASSEATA DO JALECO ocorrerá, as 8h em frente o CIRÃO em Juazeiro do Norte, estão sendo convocados todos os profissionais de saúde, de CRATO, BARBALHA ENFIM DE TODO CARIRI, para que vestidos de jaleco possam ir as ruas mostrar suas disposição a luta.

As lutas em defesa da valorização dos trabalhadores em saúde vem ganhando a cada dia novos contornos e alavancado ainda mais o reconhecimento por parte da população dos valiosos serviços prestados por esses profissionais, notadamente Enfermeiros, técnicos de Enfermagem, Agentes Comunitários de Saúde, e Agentes de Endemias.

Contudo é preciso que todas as categorias de trabalhadores em saúde, engrossem a luta em defesa desses profissionais, lutas históricas, travadas no campo político para salvaguardar direitos tanto antigos como os mais recentes a exemplo da redução da carga horária dos profissionais de enfermagem para 30 horas semanais, conforme reza o projeto de lei que tramita no Congresso Nacional de n º 2295/00; fortalecendo o debate da criação de mecanismos que emperrem a mercantilização da enfermagem, zelando pela qualidade dos cursos como a criação do exame de ordem para os profissionais de saúde, ademais não podemos esquecer da grande bandeira de luta dos enfermeiros que trata do projeto de lei no 4.924 de 2009 que cria o piso nacional da categoria, bem como o PLS 196/09 que estabelece a lei do piso aos ACS e ACe do Brasil.

O movimento sanitarista da década de 80 que acabou por culminar na criação do SUS- Sistema Único de Saúde, maior patrimônio do povo brasileiro, copiado por grandes potências internacionais, foi e ainda o é com todas as suas limitações uma das grande provas históricas do poder de mobilização da categoria ligadas a saúde.

Todas essas conquistas, tiveram e tem a participação direta dos profissionais de saúde que contribuiu sobremaneira e ainda contribui pela melhoria na qualidade da prestação do serviço de saúde. É preciso reconhecer esses profissionais de nível superior e médio como os grandes trabalhadores do cuidar, responsáveis pela reabilitação e prevenção de agravos a saúde da população Brasileira.

Para tanto, é preciso avançar nas conquistas históricas, garantindo cada vez mais o empoderamento dos profissionais de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agente de endemias com a consolidação de políticas publicas sólidas e que representem verdadeiramente os anseios desses profissionais e de uma sistema de saúde mais forte e que atenda a todos os seus princípios.

O Plano de Cargos e Carreira- PCCR dos servidores públicos da saúde do estado do Ceará deve ser uma luta permanente, exigindo do governo estadual a sua efetivação. Além do mais, é preciso estarmos cada vez mais convencidos que só a luta muda as coisas, essas mudanças serão cada vez mais profundas assim seja o tamanho de nossa disposição em transformá-la.

Prof. Samuel Duarte Siebra
Acadêmico de . Enfermagem – URCA

Deixe uma resposta