Carnaval cheira a Álcool e sangue

Chega o carnaval e vale tudo
o maior incentivo ao álcool
e na terra de brasilis: it’s all cool
sandy devassa – nem ligo
queria, caro amigo
era acertar contas com Chico
antes que se sepulte o grande nome [toc toc toc]
teu legado e tua família
no broto nobre da sociologia
trago de ganja e batuque de atabaque, Buarque
salve a cultura da Ganja e de Holanda
chega o carnaval e não passa a banda
que não surge e fica pro ano que vem
em maio a Marcha passa
e quando passa a Marcha
volta um pouco do marasmo
de um ano com carnaval em março
mulatas e cerveja
eis o bolo da cereja: sexo e droga
nada mal
mas porque só no carnaval?
a neblina da ganja tem o ano inteiro
mas o festival da embriaguez
tem data cristã
fé em Jah não é vã
acato santa paz e lucidez
e num súbito repente
lembro contente:
nem tudo está perdido.
temos Planta na Mente!
por: Bacon Paez

Deixe uma resposta