Cabaré estará em exposição em março no Centro Cultural do Banco do Nordeste

Foto: Constance Pinheiro

A exposição Cabaré – Memórias de uma vida proposta pelo Coletivo Camaradas e selecionada pelo Centro Cultural do Banco do Nordeste será aberta oficialmente no dia 13 de março, na Unidade do CCBNB do Cariri. O trabalho consiste no resgate e na denuncia dos processo de exclusão e degradação social da antiga zona de prostituição do Crato que teve inicio em 1952. Mais que uma zona de prostituição o Cabaré do Gesso, uma das denominações do Local, foi espaço de sobrevivência de famílias que durante todo esse período foram excluídas das políticas públicas. A exposição será realizada juntamente como a comunidade do local e consistirá da produção de documentário, cartões postais, oficinas e montagem e concepção da exposição. De acordo com Alexandre Lucas, do Coletivo Camaradas, a exposição visa possibilitar uma discussão em torno da ausência de políticas públicas e as relações de sobrevivência. Ele enfatiza é preciso garantir a condição de dignidade humana no processo artístico, incluindo os excluídos sociais no pensar e fazer arte. O processo de construção da exposição deverá contar com a participação ativa dos moradores do Gesso.
Nos próximos dias os integrantes do Coletivo irão ao local para planejar as ações e iniciar o processo de recolhimento da memória do espaço como fotos antigas, roupas de época, movéis e o histórias da população. Serão ministrados até março duas oficinas sobre a temática “arte e cidadania”.


Serviço:

Exposição Cabaré – Memórias de uma vida
Inicio: 13 de março – Local: Galeria de Exposição CCBNB Cariri
www.coletivocamaradas.blogspot.com
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta