Fatinha e Vanúzia nesta quinta-feira no SESC


SESC Crato Apresenta

Armazém do som e Performance poética

Fatinha Gomes

Cantora, compositora e musicista cratense

Fatinha Gomes brota naturalmente do Sopé da Serra do Araripe e traz consigo a garra e a essência dos povos indígenas. Nascida nas frias casas de taipa, dormindo a luz de Candeeiro e aspirando cheiro da terra molhada desse Sopé.

A partir de 1997 passa a se dedicar ao estudo prático e teórico musical. Estudou violão com o músico Cleivan Paiva, logo em seguida teve aulas vocais com o professor de música Ricardo Correia, esteve também no coral da SCAC (Sociedade de Cultura Artística do Crato). Já em meados de 2000 estudou teoria em partitura na Escola de música de Padre Ágio, mas sempre se utilizou predominantemente da musicalidade que traz a flor da pele, da intuição e da sua sensibilidade para compreender e vivenciar a música. Brinca com o violão e costuma dizer que “é o adorno do palco mais sensual, musical e amigo que existe para ela”.

Atualmente é aluna do curso de Pedagogia da Universidade Regional do Cariri, tem cursos na área de cinema, fotografia, teatro, dança,faz parte do Grupo de Pesquisa e Ensino da Arte em Contextos Contemporâneos-GPEACC /CNPq, elaborando projetos junto ao IEC Instituto Ecológico Cultural da Universidade Regional do Cariri e sendo pesquisadora da Cultura Nordestina.

Sonha um dia ter essa sua nordestinidade espalhada ai mundão a fora e nunca vai desistir.

Performance Poética

VANÚZIA TAVARES

Vanúzia Tavares, é pernambucana, natural da cidade de Exu e cratense por doação. Sua poesia é povoada de imaginação com boas doses de veneno cotidiano, onde discorre sobre vários temas sejam eles românticos , filosóficos ou de cunho social. Seu lado poético despontou a partir da necessidade de expressar seu ponto de vista a cerca da realidade, e de todas as coisas transitórias que assusta e afaga o seu eu – lírico.

Sua poesia é nova na região, pois até 2005 eram compostas como uma forma de satisfação pessoal, uma vez recitada para alguns amigos veio a idéia de ser lançada ao público.

A partir de então recitava uma vez ou outra em bares entre amigos e para que estivessem dispostos a ouvir nos corredores da URCA, mas sua maior participação foi na semana de Pedagogia (2007), onde dividiu o cenário poético com a poetisa caririnse Rapunzell.

Armazém do Som e Performance Poética

Dia 28 (Quinta-Feira) às 20h

Teatro do SESC – Crato

Rua André Cartaxo Bairro São Miguel

+inf:3586 9171 / 3586 9163

Entrada livre

Deixe uma resposta